Trabalho científico nas universidades federais é essencial no combate da #Covid19, diz Zarattini



Em vídeo publicado nas redes sociais, o deputado Carlos Zarattini (PT-SP) destacou o papel das universidades federais e a importância dos investimentos em pesquisa científica para no combate a covid19. “Os pesquisadores têm realizado um papel fundamental no enfrentamento ao coronavírus não apenas desenvolvendo projetos, mas também educando a população. Coisa que o desgoverno de Bolsonaro não faz! Esse assunto não é com ele, enfrentar a pandemia não está na sua agenda”.


O debate contou com a participação do professor Luis Alberto Gobbo e do funcionário da UNESP, João Baptista. Gobbo explicou que durante a pandemia o Brasil inteiro está de olho nas universidades, principalmente as universidades públicas. “Assim que o primeiro caso de coronavírus foi diagnosticado no Brasil a Universidade de São Paulo, em 48 horas, sequenciou o genoma do vírus, mais rápido que o próprio Reino Unido”.


Gobbo comenta também sobre a diversidade de pesquisas que existem na área acadêmica. “Além disso, contando 30 dias a partir do primeiro caso de coronavírus no Brasil foram desenvolvidos mil projetos para tratamento da pandemia, procura da vacina”.


João Baptista defendeu a universidade pública, gratuita e de qualidade. “Quando a gente fala de universidade pública, é para todos. Oferecer equidade, é isso que a gente precisa. A universidade produz muita ciência, tecnologia e inovação para atender as necessidades da população. A essência dos recursos do estado é investir na universidade para que volte para a população como já está acontecendo”.

O papel da universidade e da ciência no enfrentamento do Coronavírus

O papel da universidade e da ciência no enfrentamento do Coronavírus Participação: João Baptista, pré-candidato vereador em Presidente Prudente e o professorLuiz Gobbo.

Publicado por Carlos Zarattini em Quinta-feira, 25 de junho de 2020