Religiosos pedem impeachment de Bolsonaro por negligência no combate à pandemia



Religiosos entraram com pedido de impeachment contra Bolsonaro por negligência no combate à pandemia. O pedido é assinado por padres católicos, anglicanos, luteranos, metodistas e também pastores. A iniciativa tem apoio do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil, da Comissão Brasileira Justiça e Paz da CNBB e da Aliança de Batistas do Brasil. É a primeira vez que representantes religiosos encaminham uma denúncia contra o presidente por crime de responsabilidade

Um novo pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro foi apresentado na tarde desta terça-feira, 26. Desta vez, assinado por religiosos críticos ao governo. Na lista estão padres católicos, anglicanos, luteranos, metodistas e também pastores. O pedido tem apoio do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil, da Comissão Brasileira Justiça e Paz da Confederação Nacional de Bispos do Brasil (CNBB) e da Aliança de Batistas do Brasil. A presidenta do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), e os deputados José Guimarães (PT-CE) e Carlos Zarattini (PT-SP) acompanharam a apresentação do pedido.

O pedido, formulado pela Associação Brasileira de Juristas pela Democracia, é centrado na denúncia dos crimes de responsabilidade referentes à área de saúde. De acordo com o pedido, os autores denunciam o manejo criminoso das políticas sanitárias durante a pandemia e o não acesso à vacina. Os religiosos caracterizam que o presidente agiu com desprezo pela vida dos cidadãos e cidadãs brasileiras usurpando-lhes o direito à saúde. Assim, alegam, infringindo assim diversos artigos da Constituição Federal, principalmente o artigo 196 e os seguintes.

“Uma parcela da igreja deu um apoio acrítico e incondicional ao Bolsonaro independentemente do discurso que ele defendia. Queremos mostrar que a fé cristã precisa ser resgatada e que a igreja não é um bloco monolítico”, disse ao jornal Estado de S. Paulo o teólogo Tiago Santos, um dos autores do pedido de impeachment. O bispo primaz da Igreja Anglicana do Brasil, Naudal Alves Gomes, a presidente da Aliança de Batistas do Brasil, Nívia Souza Dias, e os teólogos Lusmarina Campos Garcia, Leonardo Boff e Frei Betto também estão entre os signatários da ação.

Matéria publicada originalmente no site Partido dos Trabalhadores e replicada neste canal.
Fotos: Arquivo Dep. Zarattini e Lula Marques



📲 Fale com o Zara: 11 99515-1370
🗣 www.zarattinipt.com.br/whatszara