PT interpela Bruno Covas por difundir fake news em debate



Prefeito mentiu na TV Bandeirantes ao dizer que a gestão Haddad deixou dívidas no caixa do município

PT entrou com uma interpelação judicial contra o prefeito Bruno Covas (PSDB) por divulgação de informação falsa no debate promovido pela TV Bandeirantes na última quinta-feira (1°). A representação de natureza penal protocolada na 2ª Zona Eleitoral do Estado de São Paulo requer esclarecimento do tucano pela afirmação totalmente falsa de que a gestão de Fernando Haddad (PT) deixou um déficit nas contas públicas de 7 bilhões de reais.

A prestação de contas de 2016, publicada em Diário Oficial e aprovada pelo Tribunal de Contas do Município, demonstra que a disponibilidade do caixa, na realidade, era positiva, com saldo total de aproximadamente 5,3 bilhões de reais.

“Bruno Covas, com vistas a se defender em um evento de propaganda eleitoral (debate entre candidatos), de uma gestão marcada por ineficiência administrativa, difundiu desinformação – fake news – e pode ter cometido o crime de difamação com fins eleitorais (CE, art. 325) contra o Partido dos Trabalhadores”, afirmam os advogados no ação.

Em visita à Recifavela, na manhã desta terça-feira, o candidato petista à prefeitura da capital, Jilmar Tatto, afirmou que Bruno está mentindo para a população.

“As finanças do Município de São Paulo no nosso governo ganharam prêmios internacionais. Haddad renegociou a dívida da cidade com a União, passando de R$ 64 bilhões para R$ 28 bilhões e, graças a isso, a Prefeitura pode buscar financiamentos. É totalmente o contrário. O prefeito Bruno Covas está mentindo para a população”, disse Jilmar mencionando a agência internacional Fitch Ratings.

Durante live nas redes sociais, o deputado Carlos Zarattini (PT-SP), candidato a vice-prefeito em São Paulo, também criticou o atual prefeito e candidato à reeleição, Bruno Covas (PSDB), por criar fake news para atacar o PT.

Segundo Zarattini, Covas fez falsas declarações durante debate na Band ao afirmar que o ex-prefeito petista Fernando Haddad deixou R$ 7 bilhões em dívidas ao deixar a prefeitura. “Covas veio com aquela cara de santo mentir descaradamente. Quando todos sabem que a gestão anterior deixou R$ 5,3 bilhões em caixa e não déficit como ele afirmou. Ficamos espantados com as mentiras deslavadas do Covas no debate. Ele inventou tudo aquilo para justificar os absurdos que vem fazendo na prefeitura”.



📲 Fale com o Zarattini: 11 99515-1370
🗣 www.zarattinipt.com.br/whatszara

Matéria publicada no site Partido dos Trabalhadores e replicada neste canal.