Lula agradece parlamentares por defesa de seus direitos e contra arbitrariedades judiciais



Foto: Rogerio Thomaz

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva encaminhou carta ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a 14 líderes partidários e dezenas de outros parlamentares de 12 partidos em agradecimento ao esforço deles contra sua arbitrária transferência de Curitiba para São Paulo, determinada de forma ilegal pela juíza Carolina Lebbos, da 12º Vara Federal na capital paranaense. No dia 7, cerca de 70 parlamentares foram ao Supremo Tribunal Federal para protestar contra a decisão de Lebbos, que acabou sendo anulada pelo plenário da Suprema Corte.

A carta foi entregue nesta terça-feira (13) a Maia pela presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), o líder do partido na Câmara, Paulo Pimenta (RS), mais parlamentares da Bancada do PT e outros líderes da oposição.

“Com fé no Brasil e a certeza de que ainda vamos reencontrar a Justiça, a prosperidade e a paz, agradeço o gesto de solidariedade”, escreveu Lula ao presidente da Câmara e aos demais parlamentares.

Na carta, o ex-presidente afirma que assistiu a uma “oportuna e inequívoca demonstração de defesa das garantias individuais” com o gesto dos parlamentares contra a sua transferência.

Lula encerrou a carta enviando saudações democráticas a Maia. A carta foi lida no plenário da Câmara pela deputada Gleisi Hoffmann.

Leia a íntegra da carta:

Fonte: PT na Câmara