Carlos Zarattini condena perseguição criminosa contra Lula



 

Foto: Gustavo Lima – Agência Câmara

 

O deputado federal Carlos Zarattini (PT-SP) reagiu à nova condenação contra o ex-presidente Lula, agora no caso do sítio de Atibaia, pela juíza federal Gabriela Hardt, substituta de Sérgio Moro na Operação Lava Jato. A sentença foi de 12 anos e 11 meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. “Querem que Lula morra na cadeia”, disse ele.

Ao participar do ato Lula Livre, em frente a sede nacional do PT em São Paulo, nesta quinta-feira (7), Zarattini disparou novamente contra as arbitrariedades cometidas contra Lula: “O único objetivo dessa condenação sobre o sítio de Atibaia é tornar Lula prisioneiro eterno. Todo mundo sabe que essa condenação é absurda, que não há nenhuma prova contra Lula”.

Para Zarattini, a justiça insiste em condenar Lula sem provas. “É inacreditável a perseguição política e criminosa contra Lula. O PT seguirá unido em defesa do Lula e do Brasil”, afirmou o parlamentar.

Veja o vídeo com deputado Zarattini:

https://twitter.com/i/status/1093621363301122048

 

Por Brasil 247 com Assessoria