Alta da inflação, desemprego e falta de vacina escancaram incompetência de Bolsonaro, afirma Zarattini



O deputado federal Carlos Zarattini (PT-SP) denunciou hoje (9) que a escalada da inflação no Brasil – 8,06% nos últimos doze meses – , o desemprego em massa, a falta de vacina contra a Covid-19 e um irrisório auxílio emergencial escancaram tanto a incompetência do presidente Jair Bolsonaro como seu desprezo aos brasileiros. “Há um total descaso com a vida do povo”, afirmou, lembrando que a política econômica do atual governo já deixou mais de 30 milhões de brasileiros desempregados e subempregados.

Na análise de Zarattini, um dos principais fatores causadores da carestia é a política do governo militar conduzido por Bolsonaro de dolarizar os preços da Petrobras, “embora o Brasil seja produtor de um dos petróleos mais baratos do mundo”. Por conta dessa política antinacional, quem ganha são os acionistas privados da Petrobras, cujos dividendos são distribuídos na maior parte no exterior.

“E o resultado para o povo brasileiro, com o aumento da cotação do dólar e com o aumento dos preços internacionais, evidentemente é o aumento do custo de vida, é a miséria”, disse o parlamentar.

Tragédia social

Zarattini criticou a insensibilidade do governo Bolsonaro diante da tragédia social no país. Ele assinalou que um dos maiores exemplos é o irrisório valor do auxílio emergencial, que varia de R$ 150,00 a R$ 375,00, sendo pago em média R$ 250,00. “Ora, com o preço do botijão de gás a R$ 100,00, é um governo está tirando sarro da cara do povo brasileiro. É um governo que não trabalha para o povo brasileiro. É um governo encostado, que não tem a sensibilidade”, disse.

Zarattini defendeu a retomada do auxílio no valor de R$ 600,00, como no ano passado, por decisão do Congresso Nacional.

O parlamentar citou também a política genocida implementada por Bolsonaro como exemplo de desprezo à população brasileira. Lembrou que a CPI do Genocídio, no Senado, a cada dia demonstra que o governo Bolsonaro, em vez de combater a pandemia de Covid-19 seguindo orientações científicas, boicotou governadores e prefeitos e estimulou aglomerações e contágios, “com base em uma teoria absurda de contaminação de rebanho”, que, segundo diziam, levaria a no máximo 5 mil mortes e levou o Brasil, hoje, a quase 500 mil mortes por Covid-19.

Governo irresponsável

Para Zarattini, trata-se de um governo “absolutamente irresponsável” com o povo brasileiro, já que sequer se preparou para implantar a vacinação em massa no País, rejeitando inúmeras ofertas de imunizantes contra a Covid -19 no ano passado. Segundo ele, a vacinação anda “a passos de tartaruga”, com média de pessoas vacinadas de 600 mil por dia, entre a primeira e a segunda dose, mas devia estar ao redor de 3 milhões de doses diárias, não fossem o negacionismo e o desprezo à vida manifestados por Bolsonaro.

Zarattini defendeu a quebra de patentes de vacinas contra a Covid-19 para o Brasil acelerar a vacinação de toda a população.

Segundo ele, a política econômica do governo tem destruído o sistema econômico brasileiro, em especial as pequenas e microempresas e o setor produtivo. Ele condenou a falta de incentivo a pequenos e micro empresários desde o início da pandemia e disse que é um “verdadeiro absurdo” a intenção do governo de conceder, só agora, ajuda ao segmento, cobrando taxa de juros anual de 6%.

Enquanto o governo não olha para os pequenos, os banqueiros, especuladores e grandes empresas “estão ganhando bilhões”, disse Carlos Zarattini. “Quem não trabalha efetivamente, quem não bota um prego na madeira não deixa de ganhar dinheiro. Mas aquele que trabalha, que labuta — os trabalhadores, os pequenos e microempresários, a pequena empresa, os que têm de fato suar a camisa, acordar cedo para trabalhar, esses não têm refresco. O senhor Bolsonaro e o senhor Paulo Guedes os massacram”.

Para Zarattini, a única saída é o impeachment de Bolsonaro. |Ele recordou que há mais de cem pedidos de impeachment engavetados na Câmara e conclamou o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), a colocar em votação um deles. Zarattini observou que a CPI do Genocídio já mostrou que Bolsonaro cometeu inúmeros crimes de responsabilidade, reforçando os pedidos protocolados na Câmara.

“A Câmara dos Deputados precisa debater se este governo deve ou não deve continuar, porque, cada dia mais que Bolsonaro permanece é um dia a mais de desgraça para o povo brasileiro”, disse.

Redação PT na Câmara
Foto: Arquivo Câmara dos Deputados.

Matéria publicada originalmente no site PT na Câmara e replicada neste canal.



➡️ Quer ficar bem informado sobre o que acontece na política e ter mais informações do meu trabalho? 😃

💬 Acesse o link e faça parte da nossa rede de amigos. https://linktr.ee/zarattini